ArtigosBebêDicas

Meu Bebê Não Dorme – O Que Fazer Para Resolver o Problema?

A adoção de técnicas simples pode melhorar, e muito, a rotina familiar

Meu bebê não dorme e agora? Essa é uma situação extremamente comum. Na verdade, em uma pesquisa realizada pela Revista Crescer, identificou-se que mais de 40% dos pais e mães relataram o momento do sono como um desafio diário. Mas, então, o que fazer para dar um jeito nesse problema?

O artigo de hoje dará dicas extremamente eficazes para quem não aguenta mais passar noites em claro e não vê a hora do filho, finalmente, dormir como um anjinho. Quer descobrir como fazer isso? Então, venha com a gente!

A rotina é essencial quando o bebê não dorme

Diversos estudos científicos afirmam que para ter um sono mais tranquilo é importante desenvolver uma rotina. Então, ter um período do dia em que os estímulos começam a reduzir ajuda os pequenos a entrarem em um ritmo de relaxamento.

Portanto, crie um ritual para o bebê: dê banho nele, dê de mamar, coloque um música calma e o deite no berço.

Uma boa massagem depois do banho ajuda a relaxar

Quando o bebê não dorme é possível que ele esteja muito tenso ou agitado. Então, vale a pena fazer uma massagem bem relaxante com óleo apropriado no período do banho. Assim, essa etapa torna-se mais divertida e ajuda a acalmar o recém-nascido.

O quarto precisa estar com uma boa temperatura

Um local muito quente ou muito frio atrapalha o sono de qualquer pessoa adulta, imagine o de um bebê. Desse modo, lembre-se de cuidar do espaço onde seu filho está dormindo, mantendo-o arejado e em uma temperatura agradável.

Leia também: Como saber o sexo do bebê?

Uma iluminação suave é importante quando o bebê não dorme

Uma das causas pela qual sentimos mais sono à noite é porque o organismo libera melatonina, um hormônio que ajuda no processo de relaxamento. Essa substância tem sua produção aumentada junto com a diminuição da luminosidade externa.

Então, nos momentos que antecedem a hora de dormir, reduza os estímulos visuais do bebê e diminua toda a iluminação ao redor do ambiente. Assim, o corpo dele conseguirá associar aquele horário com o momento do descanso.

Vetar o uso de aparelhos eletrônicos é necessário

Os aparelhos eletrônicos, como celular, tablet e televisão, deixam a mente agitada, além de emitirem a luz azul, que prejudica a vontade de dormir. Por isso, não deixe o bebê em contato direto com esses equipamentos.

Na verdade, a Academia Americana de Pediatria recomenda que até os 18 meses, as crianças não tenham nenhum contato com televisão ou outros produtos do gênero.

A amamentação não deve ser realizada logo antes do sono

Dormir de barriga cheia faz com que o organismo não consiga relaxar por completo, além de causar risco de engasgo por conta do bebê regurgitar o leite.

Sendo assim, nunca amamente seu filho e coloque-o no berço logo depois. O ideal é que o momento da alimentação ocorra, no mínimo, meia hora antes de dormir.

Como deu para notar, vários fatores interferem no sono do recém-nascido. Por isso, você precisa fazer ajustes em sua rotina para tornar esse momento mais tranquilo e sem contratempos. Claro que as mudanças não vão ocorrer de uma hora para outra, então a paciência é outro fator essencial.

Porém, não deixe de colocar em prática cada uma das dicas apresentadas ao longo do texto. Afinal, todas elas terão um impacto realmente significativo na qualidade de sono dos pequenos.

E você, conhece alguma outra dica para o bebê que não dorme? Conte para a gente aqui nos comentários!

Comentários:

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo