Gravidez

Sintomas de Fecundação – Os 4 Mais Frequentes

Os sintomas de fecundação podem estar presentes ou não, embora sejam leves, algumas mulheres podem perceber esses sintomas com mais clareza, vamos falar mais sobre eles e como identificar logo a seguir.

Como detectar os sintomas de fecundação

O espermatozóide tem um prazo de duração em torno de 48 a 72 horas, no momento em que é fecundado, a mulher passa a ter dores no abdômen e um corrimento rosado.

Algumas mulheres podem apresentar os sintomas que vamos mostrar a seguir, mas esses sintomas podem não aparecer em todas as gestantes, por isso, sempre recomendamos consultar um ginecologista obstetra para saber se é gravidez ou não.

O prazo para surgir os primeiros sintomas são de 4 semanas, os sintomas mais conhecidos são o enjôo matinal e o atraso da menstruação, veja alguns outros sintomas que poderão surgir ao longo do tempo:

  • Cansaço e sonolência;
  • Pequena e insistente dor de cabeça;
  • Seios inchados e doloridos;
  • Depois de 10 a 12 dias do período fértil, pode aparecer um ligeiro corrimento rosado.

Atualmente, existem calculadoras online que permitem saber qual a data exata de ovulação, para confirmar a gravidez, devemos utilizar um teste de farmácia confiável, ou fazer um exame de sangue. O ultrassom também pode detectar presença de um embrião no útero.

Primeiros cuidados após a descoberta da gravidez

Antes de começar o pré-natal, os médicos costumam solicitar exames como Papanicolau, sangue e de urina. Após a avaliação do médico, caso haja necessidade os médicos podem receitar suplementos alimentares.

É muito comum receitar logo nas primeiras semanas, o ácido fólico porque ajuda no desenvolvimento neural do bebê. De acordo com o Ministério da Saúde, uma gestante deve ter acompanhamento de pelo menos 6 sessões para garantir saúde ao bebê.

Fuja do álcool e do cigarro

Devido a comprometer o crescimento intrauterino, o cigarro pode causar abortos espontâneos. Já o cigarro pode provocar distúrbios neurológicos, e trazer sintomas como hiperatividade e irritabilidade durante as fases de aprendizado.

Nos sintomas de fecundação, não se automedique

A automedicação pode ocasionar má formação, e ainda comprometer todo o desenvolvimento do bebê. Dependendo do remédio, pode haver fortes desconfortos como dores de cabeça, excessos de gases, e até dores nas costas.

Na dúvida, pergunte ao seu médico sobre a necessidade de tomar algum remédio que possa causar algum transtorno durante o período de gravidez.

Antes de ler qualquer remédio, mesmo que seja receitado pelo médico, não esqueça de ler a bula, e  informe ao seu médico caso tenha alergia a algum tipo de alimento ou de produto. O desenvolvimento do bebê deve ser acompanhado com muito rigor.

Outro fator importante, é reservar um tempo para descansar pois o corpo pode se sentir sobrecarregado. Nesta fase, os médicos recomendam evitar atividades mais pesadas, que podem cansar ainda mais rápido.

Conclusão

Para saber mais sobre os sintomas de fecundação experimente nossas calculadoras. Mas, lembre-se consultar o médico é essencial para proteger sua vida e a de seu bebê, por isso, siga todas as orientações e não se esqueça de realizar os exames necessários.

Comentários:

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo